Júlia do SEO

Pesquisa Salarial de Redatores 2022

Publicado por 

, em 

Vejo no conteúdo:

Você, pessoa que trabalha com redação, já teve dúvidas de quanto cobrar nos conteúdos? E você, que contrata serviços de redatores, já teve dúvidas de quanto oferecer? Vem saber mais sobre o assunto na pesquisa salarial de redatores 2022!

O mercado de redação é um mercado que, por um lado, cresce a cada momento, já que cada vez mais o marketing de conteúdo de maneira geral se torna um pilar para as empresas, e a redação faz parte desse processo. Apesar disso, é uma profissão que, em alguns casos, pode não ser valorizada, porque existe uma crença que qualquer profissional consegue escrever o básico que seja. Aquela velha história do sobrinho, sabe? Onde sempre tem um familiar (geralmente um sobrinho hehehe) que sabe fazer redação e pode atuar nessa parte.

O mercado de redação também tende a ser mais fácil para ingressar. Por isso, em plataformas de contratação de freelancers, vemos um leilão por funcionários que ofereçam o menor custo por palavra-chave, desvalorizando um trabalho cada vez mais importante quando falamos de entrega de conteúdo, indexação no Google, percepção de qualidade e, principalmente, conversão.

Por todas essas questões, criei esse ano uma pesquisa salarial para redatores, com o intuito de trazer essa visibilidade tanto para os profissionais quanto para as empresas que os contratam. Isso porque, com essa grande desvalorização (falada no parágrafo acima), o mercado tende a esperar pagar pouco, como mostra essa pesquisa salarial do Vagas.com.

Um outro conteúdo (que por sinal está na primeira posição do Google para a busca “quanto cobrar por palavra redator”, sugere a cobrança média de 0,01 até R$0,10 por palavra, valores que também, em sua maioria, ficam distantes da média real salarial.

Agora que estamos todos na mesma página, contextualizados, vamos aos dados?

Dados demográficos da pesquisa salarial de redatores 2022

Rodei essa pesquisa por 20 dias e captei um total de 348 respostas. Dentre os respondentes, foram 261 mulheres (75%) e 87 homens (25%), divididos entre 20 dos 27 estados brasileiros.

O gráfico por estado ficou dividido dessa maneira:

gráfico de estados dos respondentes da pesquisa salarial de redatores 2022

Como vemos acima, cerca de 42% dos respondentes são de São Paulo, o primeiro lugar disparado. Depois temos cerca 12% das pessoas em Minas Gerais, 11% no RJ e 10% no Paraná. Esses 4 estados são responsáveis por cerca de 80% dos respondentes.

Modelo de trabalho dos redatores

Um modelo de trabalho muito famoso entre os redatores é o de freelancer. Isso porque uma das vantagens da profissão é justamente uma rotina mais flexível. Além disso, muitas empresas também contratam profissionais full time através de contratos PJ, que é quando um funcionário tem um contrato de prestação de serviço, mesmo que implique em trabalhar 8h por dia.

Por isso, quando falamos de formato de trabalho, temos 61,5% (214 pessoas) dos profissionais como PJ (autônomos e prestadores de serviço) e 134 profissionais na CLT (formato com carteira de trabalho assinada).

Uma outra forma de entender esse cenário é dividindo por formato de trabalho: se as pessoas costumam trabalhar mais em empresas, em agências ou prestando serviço para clientes. 134 respondentes trabalham fixo em empresa, 111 trabalham em agência e 103 atuam como freelancers de forma principal. Um fato curioso é que dos 245 respondentes que atuam fixos em empresas ou agências, 147 também atuam como freelancers como segunda opção, ou seja, 60% das pessoas faz jornada dupla.

Experiência

No quesito experiência, quebrei em dois fatores: o tempo de experiência e o conhecimento em SEO.

Quando falamos de SEO, que é uma das skills mais buscadas em se tratando de profissionais de redação, cerca de 70% dos redatores afirmam saber SEO, enquanto 26% acreditam ter alguns conhecimentos (sabem mais ou menos) e 4% afirmam não saber.

O tempo de experiência vai ser crucial mais pra frente, para entendermos como cobrar de acordo com seu nível de conhecimentos e tempo de profissão.

Formatos de cobrança

Tentei abranger nessa pesquisa diferentes formatos de cobrança, já que, dependendo do projeto, a pessoa redatora precisa variar o formato de cobrança. Dividi entre valores cobrados por palavra, por hora ou por escopo de projeto.

Valor cobrado pelos redatores por palavra

A média cobrada na pesquisa salarial de redatores 2022 por palavra é de R$0,16.

Os valores variam de R$0,02 A R$1 por palavra, dependendo do grau de dificuldade do conteúdo e do nível de senioridade do redator.

A média salarial de redatores por tempo de trabalho ficou dessa forma:

  • Menos de 1 ano de experiência: R$0,12
  • De 1 a 2 anos de experiência: R$0,13
  • De 3 a 4 anos de experiência: R$0,15
  • De 5 a 6 anos de experiência: R$0,21
  • 7 anos ou mais: R$0,18

Valor por hora

Seguindo os mesmos critérios dos seguidos acima, o valor médio por hora de redatores em 2022 é de R$48.

Os valores por hora variam de R$10 a R$250, também de acordo com os anos de experiência da pessoa redatora.

Quebrando agora por tempo de experiência, temos o seguinte cenário:

  • Menos de 1 ano de experiência: R$27
  • De 1 a 2 anos de experiência: R$34
  • De 3 a 4 anos de experiência: R$45
  • De 5 a 6 anos de experiência: R$44
  • 7 anos ou mais: R$73

Valor por escopo

Existem casos também de redatores que trabalham com pacotes fixos. Na pesquisa, deixei esse campo aberto para explicarem, mas basicamente o cálculo é feito por palavra ou por hora de acordo com o pacote. Por exemplo:

Para um redator que cobra R$0,10 por palavra e cria um pacote de 8 posts mensais de 1.000 palavras, o pacote fica na faixa de R$800 para o cliente. Se incluírem mais 4 posts para redes sociais, por exemplo, cuja legenda costuma ter 200 palavras (hipoteticamente falando), seriam cobrados mais R$80 por mês nesse pacote.

Qual é o salário dos redatores em 2022?

A média salarial de redatores em 2022, segundo dados coletados nessa pesquisa, é de R$3.992.

Essa variação engloba salários que vão de R$900 até R$18.000.

Vamos entender melhor a média salarial quebrando em CLT e PJ.

Salário redatores CLT

Os profissionais CLT se dividem em 2 grupos: aqueles que trabalham em agências e aqueles que trabalham em empresas.

Criei uma planilha organizando pelo local de trabalho, o tempo de experiência e a média salarial de cada um desses grupos:

Local de trabalho Tempo de experiência Média salarial Média salarial geral
Agência
Menos de 1 ano R$1,729.00
R$3,352.00
De 1 a 2 anos R$3,037.00
De 3 a 4 anos R$3,933.00
De 5 a 6 anos R$4,060.00
7 anos ou mais R$4,000.00
Empresa
Menos de 1 ano R$2,340.00
R$3,873.00
De 1 a 2 anos R$3,353.00
De 3 a 4 anos R$3,809.00
De 5 a 6 anos R$5,104.00
7 anos ou mais R$4,761.00

 

Salário redatores PJ

No caso dos redatores PJ, a divisão engloba não só os que trabalham em agências ou empresas, mas também os freelancers. Dessa maneira, quebrei novamente por local de trabalho, experiência e média salarial.

Local de trabalho Tempo de experiência Média salarial Média salarial geral
Agência
Menos de 1 ano R$3,080.00
R$4,211.00
De 1 a 2 anos R$3,028.00
De 3 a 4 anos R$4,271.00
De 5 a 6 anos R$5,070.00
7 anos ou mais R$5,607.00
Empresa
Menos de 1 ano R$2,000.00
R$4,134.00
De 1 a 2 anos R$2,664.00
De 3 a 4 anos R$3,827.00
De 5 a 6 anos R$4,600.00
7 anos ou mais R$7,578.00
Freelancer
Menos de 1 ano R$2,995.00
R$3,574.00
De 1 a 2 anos R$2,760.00
De 3 a 4 anos R$3,343.00
De 5 a 6 anos R$3,587.00
7 anos ou mais R$5,182.00

 

SEO faz diferença na vida dos redatores?

Agora que temos um cenário completo da faixa salarial dos redatores no Brasil, vamos entender o impacto do conhecimento de SEO no dia a dia desse profissional.

No formulário, eu coloquei uma pergunta que media se a pessoa considerava saber ou não sobre SEO. A ideia era ter uma noção do impacto dessa skill no dia a dia desse profissional cada vez mais requisitado.

Os dados comprovam que redatores que conhecem mais sobre SEO tendem a ganhar melhor!

Sabe SEO? Média salarial
Sim R$4,129.00
Não R$2,773.00
Mais ou menos R$3,522.00

 

Por isso, cada vez fica mais clara a importância do redator no dia a dia do time de SEO, e esse profissional passa a ser mais valorizado (e consequentemente mais bem pago). Para um redator, fazer um curso de SEO para redatores é fundamental para o desenvolvimento analítico no que diz respeito a escrever conteúdos para indexar no Google!

Curso de SEO para redatores

Em janeiro de 2022 eu lancei a primeira e mais completa formação de SEO para redatores, com foco em desenvolver as capacidades analíticas desse profissional e torná-lo cada vez mais independente e apto.

Quer saber mais sobre essa formação? Acesse o link: Curso de SEO para redatores

Categorias do Blog